Estudar com curso online é tendência entre os alunos

Post_08_ENEM_IMG

Estamos na era digital. Sim, nunca antes se ouviu falar tanto em internet, tablets, smartphones e tantos outros produtos tecnológicos. E claro, a sociedade como um todo acompanhou a evolução natural das coisas. Se tudo está na rede, nós também temos que estar lá. E mais, estudar deixou de ser uma atividade essencialmente presencial, atualmente, com o desenvolvimento dos cursos a distância, muita coisa mudou. Bill Gates em palestra na Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, em 2004 disse: “Quando eu estava na escola, o computador era uma coisa muito assustadora. As pessoas falavam em desafiar aquela máquina do mal que estava sempre fazendo contas que não pareciam corretas. E ninguém pensou naquilo como uma ferramenta poderosa”.

E o poder dessa ferramenta está tão visível, que os números não me deixam mentir. Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), os cursos online deram um salto de 571% entre os anos de 2003 e 2006. O número de estudantes matriculados também teve um salto significativo: de 49 mil, em 2003, para 207 mil, em 2006, o que corresponde a um acréscimo de 315%.

Estudar online é um reflexo dos benefícios que o computador e a era da informática trouxeram para o nosso cotidiano. Agora, quando ainda me perguntam por que estudar online? Alguns benefícios são:

– Evita o desperdício de tempo com transporte e, em alguns casos alimentação;

– Flexibilidade de horário: você dita o ritmo de estudo e escolhe o horário mais adequado;

– Você pode rever o conteúdo quando e como quiser;

– Os cursos online são mais baratos do que as aulas presenciais

Como qualquer assunto que formos discutir, muitos serão contra estudar online, principalmente quando o aluno possui um autoconhecimento de saber que ser autodidata não funciona com ele. No entanto, se a internet trouxe uma série de facilidades para o ambiente educacional, assim como para outras áreas, devemos aproveitar.

Notícias relacionadas