Os erros mais cometidos na redação

lixo

A correção da redação do Enem está baseada em cinco competências da matriz de referência da prova, que são elas:

I – Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.

II – Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

III – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

IV – Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

V – Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

A nota tirada pelo aluno tem um grande peso na sua pontuação final, no entanto, alguns erros são bastante comuns e devem ser evitados pelo aluno:

Fuga ao tema

Quando o texto não atende à proposta solicitada ou possui outra estrutura textual que não seja a do tipo dissertativo-argumentativo, configura “fuga ao tema ou não atendimento ao tipo textual”.

Generalização

Fazer afirmações perigosas, preconceituosas ou generalizar é uma das formas de perder bastante pontuação. Toda e qualquer afirmação precisa estar embasada em fatos, dados, situações, sem colocar “todos”, mas sim alguns, grande parte, maioria, entre outras colocações.

Falta de coesão e coerência

A coesão é a ligação harmoniosa entre os parágrafos, enquanto a coerência é o concatenamento das ideias, de forma que o leitor possa compreender a mensagem.

Escrever em primeira pessoa do singular

Lembre-se de que todo o texto deve ser escrito na 3° pessoa do singular (Ele), ou seja, quem escreve não deve se incluir no texto, como em situações como: Eu acredito, mas sim acredita-se, posso exemplificar, mas sim pode-se exemplificar.

Linguagem coloquial e uso de gírias

É muito comum transcrevermos para o papel aquilo que estamos habituados a falar na prática. Mas cuidado, as diferenças entre a linguagem formal e a linguagem coloquial devem estar muito claras na hora de escrever.

Notícias relacionadas