Saiba quais são as mudanças para o ENEM 2016

meninas_leitura

Considerado o terceiro maior exame de seleção do mundo, o Enem teve neste ano 8,6 milhões de estudantes que vão se submeter à avaliação, em mais de 1.700 municípios.

As provas serão aplicadas em 5 e 6 de novembro. No sábado, serão realizadas as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, com duração de 4 horas e 30 minutos.

No domingo, dia 6 de novembro, serão realizadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias, com duração de 5 horas e 30 minutos.

Nesses dias, os sabatistas (estudantes que guardam o dia de sábado em função da religião), farão as provas às 19h no horário local. Acre, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Roraima respeitarão o fuso diferenciado em relação a Brasília.

Mudanças

Além do uso de porta-objetos lacrados para eletrônicos e detectores de metais, intervalo de 30 minutos entre o fechamento dos portões e início das provas e abertura dos malotes na presença dos participantes, o Inep coletará dados biométricos (impressão digital) dos alunos.

A novidade desse ano também é a criação do aplicativo “Enem 2016″ que possibilita o acompanhamento das informações sobre as etapas do exame por meio de smartphones e tablets, podendo ser instalado nas plataformas Android, iOS e Windows Phone. O objetivo do aplicativo é auxiliar a organização pessoal e o cumprimento de prazos, disponibilizar dados como: situação da inscrição, cronograma, locais de provas, cartão de confirmação, gabaritos e resultados das provas.

Notícias relacionadas